segunda-feira, 31 de julho de 2017

Seis anos de descobertas

O meu Filho fez seis anos na semana passada. Tem crescido tão bem. É um miúdo bastante especial.
Super intuitivo e perspicaz, com uma sensibilidade enorme. Adora animais. É apaixonado por Castelos. Gosta imenso de histórias, mas as que gosta ainda não foram escritas; dá-me tópicos e obriga-me a construir uma história à volta deles.
Neste post vou colocar algumas fotos(tenho milhares) desta caminhada que temos feito juntos.












A música favorita do Kukas


6 comentários:

  1. Que ternura a descrição que fizeste do Kukas e as fotos que ilustram bem a vossa caminhada de descobertas conjuntas.
    Já tinha percebido que é crescido para a idade dele, mas pela terceira imagem dá para perceber que é precoce desde pequenino ;)))
    Sou muito mais crescida do que o Kukas, mas também gosto muito de Florence and the Machine e essa música é daquelas que melhora logo o dia e a disposição :)
    É um miúdo com muita pinta e parece ser muito cativante, pela inteligência e sensibilidade.
    Parabéns (atrasados) ao Kukas e desejo que a vida dele seja muito feliz, cheia de sorrisos e muitas estrelinhas :)
    Parabéns também a ti pelo Pai que tens sido e por teres esta criança tão especial na tua vida.
    M.

    ResponderEliminar
  2. Além de precoce é um amante de bom cinema e boa música :))
    É um puto super divertido, que adora dançar e que quer começar a ter aulas de guitarra. Fico super orgulhoso por isso, porque a música é das minhas coisas favoritas.

    Obrigado pelos parabéns e quem sabe um destes dias não nos cruzamos no passeio ribeirinho. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Houve uma altura em que ia com frequência para o passeio ribeirinho, corria parte do percurso (não sou grande fã de corrida, mas ajudava-me a aliviar a mente e as ideias). Ultimamente tenho ido menos. Mas sim, é provável que um dia me cruze convosco no passeio ribeirinho ou na cidade :)
      Beijinhos
      M.

      Eliminar
  3. Boa noite. Tenho 27 anos e sempre pensei que nunca iria querer ter filhos. Ultimamente já começo a pensar que talvez não seja algo assim tão definitivo. Dizem ser o relógio biológico.
    Já li aqui no teu espaço alguns textos acerca do teu Kukas, confesso que senti alguma inveja em relação aquilo que uma criança consegue fazer sentir a um Pai.
    Pareces-me ser um óptimo pai, com imenso amor pelo teu filho e adoro essa vossa cumplicidade patente nos teus textos.
    Desejo que se um dia for mãe, que o meu filho tenha um pai como tu.
    Beijinhos aos dois e vou continuar a querer assistir a esse vosso processo de crescimento e partilha aqui no teu refúgio ;)
    Diana

    ResponderEliminar
  4. Todas estas fotos sao de uma ternura e amor num estado de pureza tal, que até me comoveram... Bolas, ainda há gente boa neste Mundo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas tuas palavras. Sou o herói do meu filho e não existe maior recompensa do que essa ...

      Eliminar